Você gostaria de frequentar os melhores museus e feiras de arte com alguns privilégios, sem complicações? Lançado no começo de julho, o The Cultivist é um “clube privado” para ampliar e facilitar a experiência de quem se interessa por arte. Com um único cartão, os sócios do The Cultivist têm acesso a museus, galerias e feiras de arte em todo o mundo: sem precisar comprar ingressos, fazer reservas e, em muitos casos, com o acompanhamento do próprio artista ou curador.

Criado por Daisy Peat e Marlies Verhoeven, que dirigiam o programa de preferências da Sotheby’s, o The Cultivist já fechou parceria com mais de 70 grandes museus europeus e americanos. Desde o lançamento, sem muito alarde na Bienal de Veneza, o The Cultivist reuniu 300 membros, com outros 500-600 na lista de espera. Os membros fundadores e embaixadores incluem os artistas Rashid Johnson e Idris Khan e os colecionadores Patrizia Sandretto Re Rebaudengo e Simon Franks.

Marlies Verhoeven e Daisy Peat, criadoras do The Cultivist. Foto: Jason Schmidt

Marlies Verhoeven e Daisy Peat, criadoras do The Cultivist. Foto: Jason Schmidt

Embora o foco atual está em museus públicos nos Estados Unidos e na Europa, há planos para incluir museus e fundações de gestão privada, bem como para ampliar os horizontes geográficos para a América Latina e Ásia.

Separamos as principais vantagens do The Cultivist:

Cartão de Sócio: cada membro ganha um cartão exclusivo, criado pelo pintora e escultora Miranda Donovan. Este cartão é a chave para acesso VIP  em todos os principais museus, galerias e instituições do mundo – mais de 150 no total.

Evite Filas: Além de não precisar pagar ingressos,  inclusos no valor da anuidade, os sócios do The Cultivist não enfrentam filas, uma ótima vantagem em grandes feiras e exposições.

Eventos Exclusivos: O The Cultivist promete novas experiências, seja uma visão particular de uma nova exposição de grande sucesso da Tate Modern, organizada pelo curador, até uma visita ao estúdio de um artista de renome mundial. Esses são exemplos de eventos exclusivos para os sócios.

Feiras de Arte: Como membro, além de acesso VIP às principais feiras de arte do mundo, tem acesso a outras oportunidades, tais como convites para os eventos fechados e guias experientes para mostrar a feira e outras coisas interessantes pela região.

Notícias e Insights: Os sócios recebem uma visão privilegiada de especialistas, com conselhos e orientação curatorial. Para entender e comprar arte, informação é fundamental, por isso, na hora de investir em uma obra de arte,  saber as tendências, oportunidades e novos talentos que poderão despontar no futuro é um diferencial.

Networking Especializado: As criadoras do The Cultivist têm uma rede de contatos de alto nível em todo o mundo. Os sócios ganham acesso a essa rede, tendo oportunidades para aprofundar a sua relação com a arte.

The Cultivist Digital: Somente sócios têm acesso ao site completo e ao aplicativo de viagem. Onde quer que você vá, terá em mãos sugestões e comentários dos membros para enriquecer suas viagens.

Qualquer amante de arte pode fazer parte do The Cultivist, e a anuidade custa €2,700 para membros de fora dos Estados Unidos/Inglaterra.

(via Art Newspaper e The Cultivist)