Vamos falar sobre um futuro mágico. Neste futuro, sempre que você se deparar com uma peça de arte que você não conhece, tudo o que você precisa fazer é apontar o seu smartphone e você receberá seu nome, uma breve apresentação e talvez até uma crítica de áudio para ouvir.

art-market-shazam-da-arte.gif

Este futuro realmente chegou através do Smartify, um aplicativo que usa a tecnologia a realidade aumentada para identificar obras de arte de realidade aumentada. Disponível para iOS e Android,  já foi adotado por mais de 30 museus em todo o mundo. O Smartify encontrou espaço e apoio em lugares como a Royal Academy of Art, em Londres, e o Metropolitan Museum of Art, em Nova York.

Não importa a obra, de pinturas à esculturas de mármore, para saber todas as informações, basta apontar para a obra que o aplicativo identifica.  Você nem precisa apertar o botão para tirar foto.

 

Por nossa sorte, o aplicativo é gratuito para usuários, mas para continuar funcionando, o Smartify recebe apoios através de subsídios governamentais e de membros dos museus participantes. Uma forma que encontraram para monetizar o serviço são através das compras no aplicativo,  além de publicarem  anúncios e venderem seus próprios dados para organizações artísticas.

Mesmo que ninguém realmente queira estar ao telefone em um museu de arte, ele serve como um substituto prático para ampliar o conteúdo limitado das plaquinhas ao lado da maioria das pinturas, especialmente porque essas placas geralmente não são mais do que um título, data e nome do artista. O aplicativo Smartify  adiciona contexto útil a um pedaço do nosso mundo confuso e real. É informação pura.

Para baixar o Smartify, clique nos links: Google Play  ou iOS

Post traduzido do artigo The Shazam For Art is Like Having a Docent On Your Smartphone